Ensaio sobre a gratidão



















 Foto: © Cesarr Terrio


A gratidão é uma coisa que preenche. Simples e explosiva. Quando a gente é grato, é grato, exclamação ou ponto final. Não há motivos, nem vírgulas, para ficar adiando. Eu me sinto assim por tudo que me ensinam, por tudo que me ajudam, por tudo que me fazem. Porque gratidão deve ser isso, um algo que a gente dá espontaneamente depois de crescido, depois que floreceu. Deve ser feito colher frutos. E sim, sentimento nobre. Ora não. Então há gente por aí, que sai chantageando em troca de gratidão, que sai rifando gratidão, que sai implorando favores em troca de ser grato. Entendo como favor, aquilo que as pessoas fazem de puro e bom grado, aí então agradeço. E deixo que essa espécie de felicidade e sorriso interno se espalhe feito incenso. Que perfurme as casas, que perfurme a rua, que perfume a vida das pessoas, e que elas compreendam, que os melhores sentimentos vem naturalmente. Nada forçado, nada imposto, é quase como reconhecer algo. Reconhecer: olhar e sentir que aquilo ali estava te esperando a vida toda, e que por acaso durante sua vida toda você esperou. Sejam coisas pequenas, sejam grandes, nós temos de agradecer e fazer uma oração em seja lá que credo for. Oração também é gratidão, não importa qual seja seu deus. Então ser grato, é coisa dos abençoados.


#Para Rodolpho Padovani, não sei especificar, mas esse é para você.

6 comentários:

Rodolpho Padovani disse...

E esse foi pra mim, a minha moral tá muito boa mesmo, hahaha.
Brincadeiras à parte, eu fui lendo e sacudindo a cabeça em cada linha concordando com tudinho que você escreveu.
Esses dias assisti um filme que basicamente falava de gratidão e lá foi colocado que a gratidão é a chave para a felicidade, é tão fácil a gente dizer um "obrigado" para quem nos fez algo inesperado e o filme também me ensinou que além de apenas dizer "obrigado" eu tenho que pedir mais, para assim, agradecer mais.
Eu sempre soube valorizar as atitudes sinceras e despretensiosas, aquelas coisas que são feitas com o coração e que não esperam nada em troca.
Ser grato é aceitar aquele gesto que por mais pequeno que seja, fez a diferença e pra terminar meu comentário eu não poderia deixar de dar o meu "muito obrigado" pela dedicatória, pelas palavras que ainda sem especificações se encaixaram no meu momento.
Agora me resta orar e agradecer mais um pouco.

Grande abraço, Cris.

A Escafandrista disse...

que bom, cris. não sei se é o mesmo que tu sentes, mas às vezes fico grata por ter pessoas maravilhosas na minha vida. geralmente esta sensação me vem à noite, antes de dormir. Grandes beijos.

Danny disse...

Acho que sou grata a ti...

Jéssica Trabuco disse...

É verdade. E a gente tem que aprender a ser mais grato.
"Gentileza gera gentileza" e "gratidão gera gratidão". espontânea, bacana e simples.
Temos motivos todos os dias para agradecer por algo e não deveríamos esquecer disso.
Belo texto moço :)

Suzi Lima disse...

A gratidão é uma mescla de felicidade com satisfação...bom, ao menos, é como me sinto quando sou grata...

Ei, te sigo! /o/
Então...depois eu volto!

Cel espiao disse...

Gostei muito deste site e por isso resolvi colocar uma mensagem para conhecimento de todos. Já existe uma maneira de se fazer grampo de celular. Chama-se telefone espião. Você pode encontrar no site www.celularespiao.net