Bom menino



















Foto: © Cesarr Terrio



Papail Noel,

Sabe? O Natal chegou aqui no bairro. As casas estão mais iluminadas, as portas com mais flores e as pessoas se abraçam mais e vez ou outra sorriem espontâneamente. Tenho recebido mais bom-dias do que o costume e até enxergo o céu mais claro. Parece que todos estão se redimindo, acho que já está em tempo de eu me redimir também. Eu não sou mais tão bonzinho. Sou bastante sincero ao admitir. Fui cruel em várias ocasiões, leviano em outras. Fui até injusto em algumas causas e em tantas outras simplesmente não me importei. Selecionei pessoas como quem descarta flores, abri mão de boas companhias e me flagrei com algumas não tão boas. E também houveram as vezes, as muitas vezes em que me entreguei à preguiça, que fui rude e as que fui egoísta. E sim, Papai Noel, eu menti muito. Muito mesmo, muito de verdade; para todos e mesmo para mim. E se eu continuar a enumerar erros, talvez isso aqui deixe de ser uma carta e vire uma confissão. Não, não é meu objetivo. Desisti de me redimir, não quero perdão,fiz tudo ciente de minha posição. Também não quero presentes. Eu não sei o que quero. Talvez ainda haja um menino em mim, daqueles contam à mãe quando fazem coisas erradas, pelo simples fato de o fazer e sentar esperando um castigo. Preciso te contar; parei para pensar no que fiz, no que não fiz, contabilizar o quanto errei, o quanto acertei, pequei, chorei, rezei; o quanto eu amei esse ano. E no final da equação, acredito que o resultado é o amor. Eu acho que o espírito de Natal, enfim, me alcançou. O Natal é isso, não? Um dia para avaliar quem somos para nós mesmos e para os outros. E eu Papai Noel, preciso te confessar, acredito piamente no amor. Nesse Natal, de fato, eu não queria presentes caros, nem abraços gelados e nem música temática repetitiva, quem sabe umas boas risadas e uma garrafa de vinho? Talvez, Papai Noel, Natal para mim seja não mais do que uma esperança.

6 comentários:

Rodolpho Padovani disse...

E esse falou muito do que eu queria dizer pro Papai Noel, e é isso aí Natal é esperança, é o momento para reavaliar a vida e os erros.
Soa até repetitivo, mas, muito bom.

Abraços!

Danny disse...

Que o Amor e a Esperança se estenda por todo o próximo ano...

Gostei do novo visual da Oficina Cris..

Beijps na Alma

>>Dani
Saudades daqui..

Jυℓyαnα ツ disse...

Quero desejar um Feliz Natal e dizer que desejo que você, a cada dia, encontre a felicidade mesmo que nas menores coisas.

Que todo momento possa se tornar uma lembrança feliz e que nunca tenha que levar o arrependimento de ter feito ou de não ter feito alguma coisa que queria.

Desejo que nesse dia em que todos veem mais os outros o mundo possa entender que o amor, em todas as suas formas, é sim o mais importante.

Desejo, afinal, que você tenha um Feliz Natal e que tudo de bom aconteça em sua vida <3

Beijão ;*

Leonardo Filizolla disse...

" E no final da equação, acredito que o resultado é amor."

Que seja assim sempre, feliz 2011.

Shuzy disse...

Vinho é a melhor pedida!

Que o teu 2011 seja lindo!

Pontos de Ligação disse...

Natal, a época em que reina o amor. O amor é a esperança, a vida... Tudo que ainda nos resta é acreditar nele....
Como sempre, amei o texto!

Beijos,
Feliz 2011, que o amor possa ainda mais te alcançar, te influenciar e ser, sim, o resultado de tudo...


Letícia